As cerejeiras em flor vistas do céu

Município do Fundão promove passeios de balão de ar quente como forma de ver uma das suas imagens de marca.

Passeio-Balão_VI_baixa-e1460731885495Todos (ou quase todos) conhecem as cerejas do Fundão. São as primeiras a aparecerem no mercado e, também por isso, conhecidas e reconhecidas a nível nacional e internacional. O Município percebeu o potencial e criou diversas atividades com o objetivo de atrair os turistas até à região. A mais apelativa é, claramente, o passeio num balão de ar quente, com a possibilidade de sobrevoar os campos onde estão as cerejeiras em flor.

O dia começa cedo, bem cedo. Para se ter uma ideia, o ideal é levantar voo ao amanhecer (ou o mais perto possível). Não só pelas condições atmosféricas, mas também pela beleza do passeio. Imagine assistir ao nascer do sol já dentro do balão… É certo que custa levantar no que parece ser de madrugada – por norma o encontro para o passeio ocorre antes das 7 horas da manhã – mas o resultado final compensa todo o sacrifício. No entanto, há que ter em atenção que as condições atmosféricas, nomeadamente a velocidade do vento, podem adiar ou cancelar o passeio. Porque a segurança está acima de tudo.

Passeio-Comboio_baixa

Mas voltemos ao passeio, assegurado pela Emotion Sports. Cada balão leva entre 7 e 10 passageiros. Estes antes de levantarem voo – e atenção que não se sente nada, a “descolagem” é extremamente suave – recebem um briefing sobre questões de segurança – como entrar, o que se pode e não pode fazer, cuidados ao aterrar… depois é apreciar a paisagem. O prazer de estar a 500 metros (ou mais) de altura do solo, de apreciar a paisagem, entre a Serra da Estrela e a Serra da Gardunha, o silêncio…é o que se pode dizer uma experiência zen.

Depois de cerca de uma hora de viagem é altura de experimentar um outro tipo de passeio: o de comboio. A partida (e chegada) ocorre em Alcongosta onde estão as plantações das cerejeiras. Um comboio turístico, aberto, que efetua o percurso entre as cere- jeiras e onde é possível ver in loco (e de perto) as árvores em flor.

cerejeiras_baixa

Com algumas paragens para apreciar a paisagem. Mas não se fique por aqui. Aproveite a deslocação e conheça um pouco melhor a região. O centro histórico do Fundão, onde ainda se nota a herança judaica, nomeadamente na rua da Cale. Ou, recuando ainda mais no tempo, os vestígios pré-históricos e até à era Romana, que estão presentes no Museu Arqueológico José Alves Monteiro. Não deixe de visitar a antiga real Fábrica dos Lanifícios e o Centro de Interpretação – Moagem do Centeio. Pelo meio, delicie-se com os inúmeros solares que existem no centro histórico. Se tiver oportunidade não deixe de conhecer as localidades ao redor. A Vila de Alpedrinha, por exemplo, conhecida pelos seus solares, pela majestosa Fonte de D. João V e pela grandiosidade do Palácio do Picadeiro.

 

Programas

 

É tempo de Cerejas

Disponibilidade: 13 de maio a 10 de julho
Duração: 1 dia – início às 10 horas
Os visitantes têm a experiência de apanhar a cereja ao mesmo tempo que conhecem a história deste fruto e do seu cultivo na região. No fim é feita uma visita à cidade do Fundão, ao seu centro histórico, com destaque para a Rua da Cale com a sua herança judaica, o premiado Museu Arqueológico Municipal José Alves Monteiro e o Centro de Interpretação – Moagem do Centeio.
Preço: 11 euros por pessoa
Marcação: comercial@fundaoturismo.pt | 961 123 062

 

Festa da Cereja

Disponibilidade: 10 a 12 de junho
Duração: 1 dia – início às 10 horas
Nota: a festa da cereja é de 9 a 12 de junho.
Talvez o principal evento da região. A festa realiza-se pelas ruas de Alcongosta onde pode encontrar animação, diversão, artesanato e gastronomia. Colha cerejas das cerejeiras, em plena serra da Gardunha. Viaje depois até ao Centro de Interpretativo da Cereja.
Preço: 5 euros por pessoa
Marcação: comercial@fundaoturismo.pt | 961 123 062

 

Passeios de comboio e voos de balão

Disponíveis todos os fins de semana, estando, no entanto, dependentes das condições atmosféricas (o passeio de balão de ar quente). É necessário efetuar marcação obrigatória para Turismo do Fundão: 257 779 040 e/ou comercial@fundaoturismo.pt
Preço: 150 euros por pessoa, passeio de cerca de uma hora.
O passeio de comboio está incluído numa visita guiada (com acompanhamento de um guia turístico), sendo que esta custa 2,5 euros por pessoa.

 

Onde ficar

O Alambique D’Ouro ****

Telefone: (+351) 275 77 41 45
www.hotelalambique.com

 

Onde comer

Restaurante O Mário

E.N. 18 – Cruzamento de Alcaria, E.N 18 6230-024 Alcaria
Telefone: (+351) 275 75 00 00
www.o-mario.com

Restaurante Hermínia

Avenida da Liberdade, 123 – r/c 6230-398 Fundão
Telefone: (+351) 275 752 537
www.hotelsamasafundao.com

O Alambique D’Ouro 

Telefone: (+351) 275 77 41 45
www.hotelalambique.com

Alexandra Costa/OJE

Anúncios