Entre as praias fluviais e a história medieval

Aproveite o (ainda) bom tempo, fuja da multidão e conheça o interior do país. Desfrute da natureza, conheça a história portuguesa e aprecie a hospitalidade do turismo rural.

Com o verão a terminar aproveito os ainda dias de sol e calor para conhecer um outro Portugal. Um tradicionalmente mais calmo mas nem por isso menos bonito e/ou interessante. As praias fluviais.

Fuja do amontoado de pessoas e descubra um outro Portugal. O constituído por paisagens ainda algo inóspitas e incorruptíveis, onde o verde predomina, e onde pode contactar com a autenticidade da “gente da terra”. Pelo meio conheça alguns dos turismos locais inaugurados recentemente e não deixe de provar a gastronomia típica.

Para quem tem dificuldade em decidir o OJE dá uma ajuda. Em pleno Sever do Vouga delicie-se com o verde da praia fluvial da Quinta do Barco e divirta-se na Cascata da Cabreia ou no Couto de Esteves.

Quando estiver cansado de descansar na praia não deixe de visitar o Parque Natural Bento Carqueja e/ou o Parque temático Molinológico. Se prefere passeios mais históricos pode sempre optar por visitar um dos muitos museus da região. É o caso do Museu da Chapelaria, da Fábrica do Lápis Viarco ou o Mosteiro de Arouca.

Para recuperar energias nada melhor do que usufruir do Vale do Rio Hotel Rural. Localizado a cerca de 10 quilómetros de Oliveira de Azeméis tem a particularidade de ser um hotel totalmente verde (diga-se que funciona totalmente com base em energias renováveis). Aqui pode relaxar nos jardins, desfrutar das piscinas interior e exterior ou fazer uma (ou mais massagens) no Four Elements SPA. Para os mais aventureiros a unidade disponibiliza todo um conjunto de atividades outdoor. Desde percursos pedestres, passeios pela margem do rio e a vários trajetos em bicicleta.

Em alternativa opte pelas Casas de Campo Carya Tallaya, no Vale das Éguas, Sabugal. Um turismo rural que funciona no “esquema” de condomínio privado, com quatro casas totalmente independentes e uma bela piscina rodeada de espaços verdes.

A poucos minutos desta aldeia com poucos habitantes encontra-se um pequeno paraíso: uma praia fluvial com água límpida e de onde não apetece ir embora. Pelo meio há sempre tempo para conhecer um pouco da nossa história. Uma sugestão? A rota dos cinco castelos: Sortelha, Sabugal, Vila do Touro, Vila Maior e Alfaiates. E como em toda a escapadela há que aproveitar a gastronomia nacional não deixe de provar as belas das papas de milho.

Artigo publicado, a 03 de Setembro de 2015, no OJE.

Anúncios