Monte Rei com incremento médio de 35% ao ano

Salvador de Lucena, director-geral do Monte Rei Golf & Country Club

Salvador de Lucena, director-geral do Monte Rei Golf & Country Club

Como define o cliente do Monte Rei?

O cliente de Monte Rei é um cliente bem viajado, habituado a ambientes de qualidade e com um nível de exigência alto.

Como enquadra a oferta hoteleira do seu hotel no Algarve?

Monte Rei tem uma oferta de alojamento assente em moradias de 1, 2, 3 e 4 quartos, algumas destas com piscina privativa, com todos os serviços equivalentes a um hotel de 5 estrelas. É uma oferta diferenciada pelas próprias características do alojamento e direcionada ao segmento alto, sendo que a moradia de 1 quarto é a nossa tipologia que concorre de forma mais direta com o mercado hoteleiro tradicional pelo facto de se destinar ao alojamento de 2 pessoas, apesar de oferecer muito mais do que o típico quarto de hotel.

Em termos geográficos, Monte Rei é pioneiro na hotelaria de luxo no sotavento algarvio, uma vez que a hotelaria de 5 estrelas é praticamente inexistente desde Faro a Vila Real de Santo António. Estamos de alguma forma a desenvolver um novo destino, algo que leva o seu tempo, mas estamos a conseguir atrair as atenções de uma clientela mais exigente para esta região extraordinária que, ao contrario de outras zonas mais desenvolvidas, preserva a autenticidade do Algarve. Nos meses de Julho e Agosto são sobretudo famílias que nos visitam e nos restantes meses do ano são golfistas atraídos pela experiência impar do nosso campo de golfe, unanimemente reconhecido como o melhor de Portugal e entre os melhores da Europa.

Qual a taxa de ocupação média registada em 2014 e o que significa isso em relação ao ano anterior?

Em 2013 registamos uma ocupação media de 25% com 17 casas em exploração turística. Em 2014 registamos uma ocupação de 30% com 19 casas em exploração turística e em 2015 contamos terminar o ano com cerca de 35% com 21 casas em exploração turística.

Significa isso que foram ou não atingidas as quotas propostas para 2014. E em relação ao volume de negócios? 

Apesar do aumento anual ter sido de aproximadamente 5% na ocupação, em termos absolutos é muito superior uma vez que temos vindo a aumentar progressivamente o numero de casas em exploração. Relativamente ao volume de negócios, nos últimos 3 anos registamos um incremento médio de 35% ao ano, algo acima das nossas expectativas.

Em termos de clientes, o que significa o mercado nacional no contexto global?

O mercado nacional tem vindo a crescer nos últimos anos mas apenas se reflete nos meses de Julho e Agosto, período em que inclusivamente temos algumas famílias portuguesas repetentes. Nestes dois meses de verão, o mercado nacional representa cerca de 30% da nossa ocupação.

Quais foram os melhores mercados internacionais? (…. Houve alteração em relação a 2013?)

Os melhores mercados foram o Inglês e o Irlandês, seguido do alemão e mantendo a linha daquilo que se verificou em 2013. Houve, no entanto, um crescimento significativo do mercado holandês anteriormente inexistente, fruto das ações comerciais entretanto desenvolvidas.

Qual o peso da restauração nas receitas totais do hotel?

A restauração representa cerca de 30% da faturação total da nossa vertente turística (estão excluídos os serviços de condomínio e manutenção de propriedades bem como a venda de propriedades).

Estão previstos investimentos (durante este ano e 2016) no empreendimento? 

Monte Rei nunca parou de investir desde a abertura do campo de golfe e clubhouse em 2007, a conclusão da primeira fase do aldeamento em 2009 e um clube de apoio às casas – com piscinas, ténis, spa e um restaurante adicional – em 2011. Assim, os investimentos distribuem-se pelo golfe, alojamento, restauração ou infra-estruturas gerais do empreendimento. Este ano concluímos o nosso ‘swing studio’ que oferece tecnologia de ponta para analise do swing e permite ajudar os golfistas a melhorar o seu nível de golfe. Ainda este ano, concluímos uma zona do clubhouse dedicada exclusivamente aos sócios do clube de golfe e que oferece diferentes espaços interiores e exteriores, e finalizamos 2 moradias adicionais que introduzimos na exploração turística.

Para o ano que vem contamos introduzir mais 4 moradias na exploração turística e melhorar alguns equipamentos e serviços por forma a manter o grau de diferenciação que distingue Monte Rei no que diz respeito à qualidade dos serviços oferecidos. A medio prazo, dentro de aproximadamente 3 anos, contamos iniciar a construção do segundo campo de golfe Jack Nicklaus Signature na zona sul do empreendimento bem como um conjunto de 40 apartamentos turísticos de 5 estrelas perto do clubhouse.

Quais as perspectivas de negócio para 2015? 

Prevemos um aumento global de cerca de 35% face a 2014, com alguma diversificação de mercados, nomeadamente o crescimento dos mercados holandês, alemão e francês.

Qual o investimento inicial no Monte Rei? E desde que abriu?

Desde o inicio do projeto até ao momento presente já foram investidos cerca de 150 milhões de euros, incluindo a construção do campo de golfe, clubhouse, aldeamento e respetivo clube, infra-estruturas gerais de condomínio, saneamento, ordenamento paisagístico, etc. Monte Rei não atingiu ainda 25% do seu projeto global, ou seja, ainda tem muito para crescer. Contamos que quando atingir a sua plena maturidade, terão sido investidos mais de 600 milhões de euros.

Quantas pessoas estão alojadas à manutenção do campo de golfe?

Temos 28 pessoas dedicadas à manutenção do campo de golfe.

Qual o peso do golfe no negócio do Monte Rei? É o principal motivo de escolha na selecção da unidade?

O golfe representa cerca de 60% do negocio turístico de Monte Rei (estão excluídos os serviços de condomínio e manutenção de propriedades bem como a venda de propriedades).  O golfe é a ancora do projeto e é sem dúvida o principal motivo de escolha do empreendimento, quer para quem nos visita quer para quem compra propriedade. No entanto, o golfe cai significativamente nos meses de verão e neste período os nossos clientes procuram-nos não pelo golfe mas sim pela qualidade do alojamento e dos diferentes serviços oferecidos.

Quantas vilas estão disponíveis para alojamento?

Atualmente temos 21 moradias em exploração turística.

Qual a vossa época alta?

 A nossa época alta de alojamento é Julho e Agosto mas os meses mais fortes de golfe são os meses de estação média, ou seja, primavera e outono com destaque para Março e Outubro. Durante a primavera e outono, o alojamento tem tido uma procura significativa e encontra-se em franco crescimento.

Quais as principais diferenças entre o Monte Rei e outras unidades da região? Quais são os seus pontos diferenciadores?

Apesar de oferecermos alojamento turístico, uma das grandes diferenças entre Monte Rei e outras unidades da região prende-se com o facto de não sermos um hotel propriamente dito. Monte Rei é um empreendimento de luxo ancorado no golfe com uma vertente turística e residencial.

Na vertente de alojamento turístico, Monte Rei diferencia-se pelo tipo de alojamento que oferece – moradias de 1, 2, 3 e 4 quartos, algumas com piscina privativa – com todos os serviços equivalentes a um hotel de 5 estrelas mas com a grande vantagem do cliente poder desfrutar do espaço, conforto e privacidade oferecidos por uma moradia de luxo. Por outro lado, um dos aspetos realmente diferenciadores, tem que ver com a qualidade dos serviços oferecidos, realmente impar nesta região. Para além do campo de golfe reconhecido como o melhor de Portugal, Monte Rei tem 3 restaurantes a funcionar com uma oferta gastronómica diversificada dirigida pelo conceituado Chefe Catalão Jaime Perez, sendo o Restaurante Vistas o expoente máximo da cozinha deste Chefe. Em suma, tentamos ser coerentes e trabalhar num nível alto em todas as áreas onde atuamos quer seja no golfe, no alojamento ou restauração e restantes serviços.

Quantos membros tem o clube de golfe? Desses quantos são proprietários de uma casa no resort?

Temos 20 membros do clube de golfe e todos são proprietários em Monte Rei.

Quais os requisitos para ser membro do clube de golfe?

O pagamento de uma joia de 75.000 euros e uma subscrição anual de 3.000 euros com direito a golfe ilimitado e utilização de diferentes espaços exclusivos no clubhouse.

O clube de golfe tem muitos clientes fidelizados? Por norma quantas vezes por ano visitam o empreendimento? E qual a sua estadia média?

Pelo facto do nosso campo ser uma referencia incontornável, temos muitos clientes repetentes que fazem questão de nos visitar ano após ano nas suas deslocações regulares ao Algarve, alguns deles mais do que uma vez por ano. Por enquanto, são mais os jogadores que vêm de fora do que aqueles que ficam alojados connosco mas a percentagem de jogadores que ficam connosco tem vindo a crescer significativamente ano pós ano e a estadia media é de 3 noites.

Artigo publicado, a 5 de Agosto de 2015, no Opção Turismo.

Anúncios