E o melhor Pastel de Nata é….

12 Pastelarias concorrem hoje, às 15 horas, no Peixe em Lisboa, pelo título

Todos os anos há afluência ao Terreiro do Paço. Lá, onde se realiza o Peixe em Lisboa, é onde ocorre um concurso gastronómico muito aguardado. A eleição do melhor Pastel de Nata.

E não basta ser saboroso. Há mais factores a ter em conta. O aspecto, o toque e a consistência da massa. A que se juntam o recheio e o sabor global. Cada um deles pontuado (numa escalda de zero a dez) pelos júris.

Este ano concorrem ao título 12 pastelarias. Um número recorde. Tudo para destronar a vencedora do ano passado, a bicampeã Aloma, que também concorre. Na disputa estão as pastelarias Balcão do Marquês, Biarritz, Casinha do Pão, Chique de Belém, Cristal, Fim de Século, Hotel Altis, Mafraria, Nilde e Pastel de Nata Selecção Continente. Já o júri é constituído pelo gastrónomo Virgílio Gomes (presidente do júri), o enólogo Domingos Soares Franco, a investigadora gastronómica Raquel Moreira, o chefe pasteleiro António Marques e ainda Rita Cupido, directora da revista “Comer”.

O Peixe em Lisboa decorre até ao dia 13 de Abril, no Terreiro do Paço, mais precisamente no Páteo da Galé. O bilhete custa 15 euros e dá direito a duas degustações de cinco euros (no período de almoço, de segunda a sexta-feira) e uma senha de degustação no valor de cinco euros no restante período do dia e ao fim-de-semana.

Anúncios